quinta-feira, 24 de março de 2011

Top Gear




Introdução


Um dos primeiros jogos de corrida bem sucedidos da história dos videogames.
Top Gear (conhecido como Top Racer na Europa e Japão) foi lançado para o Super Nintendo no ano de 1992.  
Grandes jogos de corrida como Gran Turismo, Need for Speed e Burnouts, foram produzidos utilizando como base as técnicas de velocidade virtual de Top Gear.
Ainda nos dias de hoje, Top Gear é o game de corrida mais vendido na história. No Japão foram vendidos 1 milhão de cópias do game só na primeira semana.
Top Gear é outro clássico marcante do Super Nintendo. Ao iniciar o game pode-se perceber que se trata de um game peculiar, várias modalidades de jogo estão disponíveis. Apesar de possuir uma jogabilidade fácil e simples, o game possui uma longevidade razoável, são 32 circuitos diferentes ao redor do mundo. O número elevado de circuitos diferentes faz com que o game não fique enjoado ou repetitivo. 
Para a época de lançamento, os gráficos de Top Gear superaram os padões visto até então, mas nada de excepcional. Por ser um dos primeiros jogos a serem lançados para o Super Nintendo, os jogadores de consoles anteriores ao Snes ficaram surpresos com o potencial que o console poderia oferecer.
O ponto forte do game é a trilha sonora. Uma das melhores trilhas sonoras de games lançadas no ano de 1992. Trilha que até nos dias de hoje são temas de orquestras e inspirações para algumas bandas de rock.
O game não possui um enredo. O único objetivo do game é simples: participar e vencer todas as corridas e tornar-se campeão mundial. Além da modalidade solo, o jogador pode jogar com um amigo no modo cooperativo, deixando assim o game divertido.
Apesar de ser um jogo simples e sem inovação, Top Gear trouxe aos jogadores do Super Nintendo diversão e senso de competitividade. Este foi o principal fator que colocou Top Gear entre os games mais jogados do Snes, fazendo dele um clássico.






Gráficos e Sons

Para a data de lançamento, a qualidade gráfica estava em padrões normais. Era algo novo para os jogadores, Top Gear foi um dos primeiros games a ser lançado para o Snes. Fora da pista de corrida, os gráficos estão borrados ou serrilhados, mas tudo com um devido cuidado para não causar má imprensão ou desconforto ao jogador.
Como o número de circuitos do game é levado, é esperada uma variedade de ambientes e cenários. 
Cada cenário é trabalhado de acordo com as características geográficas da cidade ou país em que o jogador esta correndo. O game conta com duas fases aqui no Brasil: Rio de Janeiro e Rain Forest (Floresta Amazônica).
Outra atração do game são as fases noturnas. Estas fases são mais trabalhadas que as fases comuns.Possuem um jogo de iluminação impressionante. Por algum motivo são as fases preferidas da maioria dos jogadores de Top Gear. Em questão gráfica, o game pode parecer fraco se comparado com outros jogos de corrida de gerações posteriores, mas é preciso análisar seu contexto e época de seu lançamento.
A parte gráfica não é excepcional. Suprindo a falta dessa excepcionalidade, já a trilha sonora do game é um destaque.
É surpreendente a qualidade das músicas presentes neste game. Desde o tema de abertura (Mad Racer) até o tema de encerramento, as músicas são muito bem feitas, eram muito boas para a época em questão.
As músicas de Top Gear foram inspiradas em músicas do jogo Lotus Esprit Turbo Challenge, jogo do antigo computador Amiga.
As músicas chegam a ser emocionantes e conseguem transmitir a adrenalina que o jogador esta sentindo em uma pista de corrida, perfeitas para o clima do game. A trilha sonora de Top Gear se espalhou pelo mundo, tornando-se toques para celular e inspiração para bandas de Rock, como a banda britânica Muse.
Efeitos sonoros como derrapagens, freadas ou batidas também estão agradáveis, deixando assim todo conjunto sonoro em perfeito estado.





Jogabilidade

Como é comum em jogos de corrida, o jogador vai disputar um campeonato e deve conseguir pontos para elevar sua posição. O campeonato é dividido em 8 etapas, contendo 4 corridas cada. Cada corrida garante ao primeiro colocado 20 pontos, ao segundo 15, ao terceiro 12, ao quarto e quinto 10 e aos demais competidores 8 pontos.
A posição de largada é definida de acordo com a posição que o jogador terminou o circuito na corrida anterior, só que com um detalhe. São 20 posições ao todo. Caso o jogador termine um circuito em primeiro, na corrida seguinte ele irá largar em último. Da mesma maneira seguindo esta ordem, se ele terminar em segundo na próxima corrida ele irá largar em penúltimo.
Antes de começar a competição, é necessária a escolha de um carro. O game disponibiliza ao todo 4 modelos diferentes. Estes modelos se diferem em limite de velocidade, consumo de combustível e estabilidade em curvas.
Após a escolha do carro, ao gosto do jogador, inicia-se o campeonato. É possível jogar sozinho ou com um amigo no modo 2 Players. Uma novidade é que ao jogar sozinho, o próprio jogo encarrega de colocar na parte da tela inferior um veículo controlado automaticamente. Este veículo será uma espécie de rival do jogador. 
Dentre as 20 posições possíveis para concluir os circuitos é imprescindível que o jogador conclua no máximo na quarta ou quinta posição, caso contrário estará desclassificado. Além da tarefa de ultrapassar os outros veículos, o jogador deverá evitar alguns obstáculos presentes nos circuitos como poças d'água, pedras no meio do asfalto, pistas arenosas, placas na beira da estrada, entre outros.




Alguns circuitos são longos e tortuosos e eventualmente faltará combustível para finalizar a partida. No canto inferior direito de cada parte da tela dividida encontra-se a barra de combustível. Para reabastecer o combustível existem locais especiais espalhados no circuito: os Pit Stops. 
Os Pit Stops são fundamentais para se finalizar a corrida dependendo do circuito. O tempo de espera dentro do Pit Stop é definido pelo próprio jogador. Isto permite ao mesmo construir estratégias dependendo de sua atual posição na corrida. Assim que o jogador entra no Pit Stop, a barra de combustível de seu veículo começa a crescer, porém a corrida continua para os outros competidores, ou seja, você perde tempo ao entrar no Pit Stop e pode ser ultrapassado facilmente.
Ao começar a corrida, o jogador terá um estoque de 3 Nitros (Turbos). Os nitros podem ser usados a qualquer momento, eles funcionam como um impulsionador de velocidade. São de excelente uso para facilitar ultrapassagens, porém ao utilizá-los, o veículo passa a consumir combustível mais rapidamente, o que pode ser um ponto negativo em circuitos longos.
Como a maioria dos jogos de Snes, não existe a possibilidade de salvar o game em Top Gear. Ao final de cada etapa do campeonato, o jogador ganha acesso a um Password. Ao reiniciar o game basta inserir este Password para retornar onde parou.






Circuitos 

O game conta com 32 circuitos. Este número elevado de circuitos contêm níveis de dificuldades que variam: fácil, médio e difícil. O game não exige muito do jogador visto que basta  no mínimo a quinta posição para se classificar para o próximo circuito.
Confira abaixo os circuitos :



United States

•    Las Vegas
•    Los Angeles
•    New York
•    San Francisco
 

Latin America

•    Rio de Janeiro, Brazil

•    Machu Picchu, Peru

•    Chichén Itzá, Mexico

•    Rain Forest, Brazil


Japan

•    Tokyo
•    Hiroshima
•    Yokohama
•    Kyoto

Germany

•    Munich
•    Cologne
•    Black Forest
•    Franfurt

Scandinavia

•    Stockholm, Sweden
•    Copenhagen, Denmark
•    Helsinki, Finland
•    Oslo, Norway

France

•    Paris
•    Nice
•    Bordeaux
•    Monaco

Italy

•    Pisa
•    Rome
•    Silicy
•    Florence

United Kingdom

•    London
•    Sheffield
•    Loch Ness
•    Stonehenge


De modo geral, ao jogar na modalidade solo, o jogador irá sempre jogar contra um veículo de nível superior, neste caso, o veículo que divide a tela com o jogador. Dependendo do ritmo do game, ele chega a ficar super desafiador. Os outros carros só estão no circuito para preencher espaço e atrapalhar, não vão apresentar muito perigo. Após Top Gear, é raro ver um game de corrida possuir 20 carros em um circuito simultaneamente.
Em muitos momentos, é possível perceber que a jogabilidade é fraca e simples. Os carros não possuem controle e dinamismo, é realmente difícil ter controle sobre eles. Na época de lançamento, a jogabilidade precária foi pouco notada, mas se for jogado hoje a jogabilidade com certeza será um incômodo.





Conclusão

Um dos primeiros jogos do Super Nintendo a serem lançados. Um de seus primeiros grandes clássicos. Top Gear foi o game responsável pela popularização dos games de corrida das gerações posteriores aos anos 90. 
Conseguiu inserir o verdadeiro conceito de velocidade virtual no mundo dos videogames. Top Gear também foi o pioneiro a inaugurar o sistema de turbos em veículos e o sistema de combustível. Apesar de serem simples, estes sistemas foram essenciais para a produção de jogos atuais como Need for Speed e Burnouts.
Além da jogabilidade ineficaz, Top Gear também peca em não conter Upgrades no sistema de veículos. O jogador tem de seguir com o mesmo carro até o final do campeonato e isto pode ser desgastante.
Apesar destes pontos negativos, Top Gear marcou época. Foi um game divertido e desafiador. A trilha sonora contagiante serviu ainda mais para atrair jogadores.
Com certeza é um game que deve ser jogado e admirado. Sem suas bases técnicas e suas introduções de novos conceitos, provavelmente os atuais games de corrida não seriam tão bons quanto são hoje.



Nota Final : 8.3





Passwords

  • Passwords da dificuldade Amateur

Na tela principal selecione Skill Level e Amateur. Depois selecione Country e entre com um dos passwords abaixo:

Latin America - MOONBATH
Japan - GEARBOX
Germany - CAR PARK
Scandinavia - ROAD HOG
France - EMULATOR
Italy - ANALYSER
United Kingdom - HORIZONS


  • Passwords da dificuldade Championship

Na tela principal selecione Skill Level e Championship. Depois selecione Country e entre com um dos passwords abaixo:

Latin America - EDUCATED
Japan - OILCLOTH
Germany - WRECKAGE
Scandinavia - CARACOLE
France - EPYLLION
Italy - GLUCAGON
United Kingdom - KEELSON

  • Passwords da dificuldade Professional

Na tela de titulo selecione Skill Level e Professional. Depois selecione Country e entre com um dos passwords abaixo:

Latin America - FOUR MEG
Japan - LEGEND
Germany - THEWORLD
Scandinavia - LETSRACE
France - ALCHEMY
Italy - A LOOPER
United Kingdom - SEASONAL




Trilha Sonora


  •   Las Vegas
video

  • Bordeaux
video
  • Frankfurt
video

sexta-feira, 18 de março de 2011

God Of War



Introdução

God of War é um game de ação e aventura lançado pela Sony, em 2005, para o Playstation 2. 
Criado como uma tentativa de investida da Sony contra games de ação, como Devil May Cry e Onimusha, o jogo vai além de uma proposta simples de apenas apertar sequências de botões e derrotar inimigos. Ele traz um belo enredo, belos gráficos, trilha sonora agradável, jogabilidade inovadora além de um clima cinemático como poucos jogos lançados até 2005.
Inicialmente voltado para atender o público maduro, o game exibe muito sangue, violência, nudez e até algumas situações de sexo. Todos esses elementos são suavizados ao estilo Greco-Romano, não sendo tão chocante como se pode supor. A violência contida no game pode ser indiretamente comparada a de Resident Evil, e cenas de nudez são apenas verificadas como seios à mostra, o que é raro de ser ver em jogos de videogames.
O game mescla com perfeição estilo de combate e quebra-cabeças. O equilíbrio entre estes fatores é perfeito. A ação é pura e deixa o jogador com vontade de enfrentar mais e mais inimigos, sem contar o raciocínio lógico para resolver Puzzles (Quebra - Cabeças) inteligentes para avançar no jogo.
God of War usa da criatividade para não cair na mesmisse de ser um simples jogo de ação. Além de muita ação e Puzzles inteligentes, o game é incrementado com uma pitada de exploração. De tal maneira o jogador pode estar sempre à procura de segredos ao longo do game.
Toda essa harmonia e equílibrio entre fatores como ação, exploração, e Puzzles fizeram de God of War um clássico do Playstation 2. E não apenas um clássico. Para a crítica, é um dos melhores games já lançados. 
Devido à excelência técnica, o game ganhou muitos prêmios como " O Jogo do Ano", totalizando em mais de 8 milhões de cópias vendidas.
God of War é considerado um divisor de águas. Após o seu lançamento muitos outros títulos adptaram suas características técnicas e atualmente jogos de ação e aventura possuem características semelhantes as de God of War.




Gráficos

Os gráficos estão estupendos, possuem texturas bem trabalhadas e uma taxa de frames por segundo sempre agradável.
Logo de início, no Menu "Options", o jogador pode utilizar a opção Progressive Scan em 480P e Wide Screen, dando assim mais beleza visual ao jogo.
Ao iniciar o game, o jogador já pode perceber o refinamento visual que vai encontrar ao longo da aventura. 
Cenas de computação gráfica narram a história do personagem. Estas cenas são simples mas possuem alto valor artistíco.
Como o enredo do game se passa na Grécia, o jogador poderá observar as mais belas estruturas gregas (algumas chegam realmente a surpreender pela qualidade nunca vista no Playstation 2).
É impressionante a riqueza de detalhes em cada grande estrutura ou monumento do game. God of War mostrou aos jogadores o verdadeiro potencial que o console poderia oferecer a jogos.
A beleza de cada cenário é chocante, vale a pena parar em alguns momentos e observar.
Os mais belos efeitos de água, areias ao vento, sangue escorrendo, entre outros, são alguns dos mais belos efeitos vistos no Playstation 2, dando destaque às águas de Aegean Sea e às areias de Desert of Lost Souls.
Assim como os cenários, o design de personagens e inimigos estão bem detalhados e trabalhados. Como o game está relacionado à mitologia grega, o jogador irá presenciar inimigos como minotauros, górgonas, ciclopes, entre outros.
God of War consegue passar a sensação ao jogador de estar realmente vivendo uma história dentro da mitologia grega. São tantas as alusões e referências que deixam o clima ideal para o jogo. 





Sons

A trilha sonora de God of War é épica. Ela representa toda fúria da aventura de Kratos. A trilha foi escrita por Gerard Marino. Apesar de ser citada como compositora apenas em algumas músicas, Winifred Philips fez a maior parte das músicas do game. É a própria compositora que dá a sua voz a alguns monstros, por exemplo, ao canto sedutor da sirene, que atrai todo homem para o seu lar e ser devorado.
A qualidade vocal de Philips é peculiar na trilha sonora deste game. Todos os corais existentes em God of War foram feitos com sua voz. O elenco de 16 cantores na verdade é de apenas uma, Winifred Philips. 
Cantadas em greco arcaico, as músicas simbolizam o tema principal abordado no game. As músicas em si podem parecer exóticas. O tema central "The Vengeful Spartan" é monumental e repetido ao longo de todo o game, dando ao jogador energia e motivação para derrotar os inimigos em situações complicadas.
Muitos temas, como "The Vengeful Spartan", são pulsantes e elétricos, quase não há silêncio no game, deixando assim quase ausente um momento de descanso, e o jogador pode entrar no clima e se sentir como o próprio personagem Kratos. Confira no final desta análise parte da trilha sonora do game.
As dublagens também estão excelentes: falas e diálogos estão completamente pausados e sincronizados. Quem compreende e escuta em inglês não terá dificuldade em entender o enredo do game.




Jogabilidade

Ao estilo Devil May Cry,  o jogador controla o personagem Kratos. Com a câmera posicionada em terceira pessoa, o game traz vários elementos de combate, Puzzles e elementos de plataforma. 
A câmera é posicionada em locais adequados no cenário, não desorientando o jogador em momentos de combate, algo muito comum em outros jogos do gênero.
Ao longo do game, o jogador conduzirá Kratos por gigantescos cenários em meio a testes e desafios inteligentes para atingir os objetivos do jogo.
O game se foca predominantemente em derrotar vários inimigos distintos, sejam separados ou simultaneamente.
Para enfrentar os inimigos, inicialmente Kratos utiliza suas armas principais: as Blades of Chaos.
Durante a aventura, Kratos é ajudado pelos deuses do Olimpo e estes garantem a Kratos novas armas e poderes mágicos a fim de auxiliá-lo nos combates.
No canto superior esquerdo da tela, existe um desenho das Blades of Chaos. Este desenho contém 3 barras:
a barra verde simboliza a energia viltal de Kratos; a barra azul simboliza a energia mágica; e a barra vermelha simboliza a quantidade de Orbs (Orbes) vermelhas adquiridas por Kratos.
Assim como em Devil May Cry e Onimusha, ao derrotar inimigos, o jogador consegue Orbs (Orbes) de várias cores que possuem diversas funções no game. Elas são essenciais para evolução das armas e sobrevivência de Kratos. Orbs são conseguidas também em baús espalhados pelo game ou destruindo objetos espalhados nos cenários. Confira abaixo:

Green Orbs : São as Orbs verdes. Restauram a energia vital de Kratos. O limite máximo da energia vital pode ser expandido coletando-se 6 Gorgon Eyes (Olhos de Górgonas).

Blue Orbs : São as Orbs azuis. Restauram a energia mágica de Kratos. O limite máximo da energia mágica pode ser expandido coletando-se 6 Phoenix Feathers (Penas de Fenix).
 
Red Orbs : São as Orbs vermelhas, as mais comuns de serem adquiridas. Elas servem para evoluir e aumentar o nível das armas e presentes dos deuses adquiridos por Kratos. Em combate, quanto mais Hits o jogador tiver enquanto atacar os inimigos mais Red Orbs ele conseguirá no final da batalha.




Eventualmente, ao decorrer dos eventos em God of War, Kratos receberá a ajuda de deuses do Olimpo. 
Estes garantem a Kratos armas e ataques mágicos eficientes para combate. Da mesma maneira que as armas, os ataque mágicos também podem e devem ser evoluídos. Sempre ao evoluir uma arma ou ataque mágico, o jogador garante ao item que foi evoluido um maior poder de ataque e ocasionalmente novas opções e comandos de ataques.
Procure sempre explorar os cenários em busca de baús para recolher muitas Orbs com o objetivo de evoluir ao máximo todos os itens possíveis.
Confira abaixo todos os presentes dos deuses que são dados a Kratos:



  • Poseidon's Rage :  Primeiro ataque mágico adquirido por Kratos. Em Aegean Sea, Poseidon permite Kratos utilizar ataques elétricos para derrotar seus inimigos.

  • Medusa Gaze : Ao caminho para Atenas, Afrodite garante a Kratos a utilização da cabeça de uma Górgona para petrificar seus inimigos. Muito útil para derrotar rapidamente inimigos de grande porte.

  • Zeus's Fury : Já em Atenas, Zeus, rei do Olimpo, entrega a Kratos sua arma principal, garantindo a ele lançar relâmpagos em seus inimigos. Excelente ataque para derrotar inimigos a longa distância.

  • Blade of Artemis : No templo de Pandora, Artemis entrega a Kratos uma nova arma : a Blade of Artemis. Uma arma poderosa para derrotar muitos inimigos simultaneamente.


  • Army of Hades : Após completar o desafio de Hades, ele entregará Kratos um excelente ataque mágico.Utilize este ataque mágico nas batalhas mais complicadas ou para derrotar os inimigos mais fortes.


Ao evoluir as Blades of Chaos pela primeira vez, Kratos ganhará um novo comando: Rage of The Gods. Ao adquirir este comando, na parte inferior da tela aparecerá um elmo de um soldado. Sempre ao atacar inimigos uma barra colorida completará este elmo. Para ativar o comando, o jogador precisa apertar os botões L3 + R3 simultaneamente enquanto o elmo possuir a barra colorida.
O comando Rage of the Gods garante temporariamente a Kratos invencibilidade e um aumento estrondoso no ataque. Ao utilizar o comando uma vez o elmo ficará vazio, e será necessário enchê-lo novamente.




Vale ressaltar que a inteligência articial dos inimigos é alta. Pode-se perceber que inimigos mais fracos protegem e dão cobertura aos mais fortes. Eles combinam ataques em grande número para cercar Kratos, e parecem fazer de tudo para derrotar o jogador. Portanto não deixe de utilizar sempre que possível todos os poderes garantidos a Kratos.
Uma novidade no sistema de batalha é o Quick Time Evennt. O Quick Time Event acontece quando o jogador ataca um inimigo intensamente deixando-o quase morto. Neste momento um ícone da manete (Joystick) aparece na cabeça do inimigo. Basta apertar o botão correspondente a este ícone para iniciar ou não uma sequência de botões para finalizar o inimigo mais facilmente. Use deste artifício para finalizar muitos inimigos facilmente.
Em alguns trechos do game, o jogador precisará ficar esperto pois uma sequência de botões aparecerá na tela, inciando o Quick Time Event, e será preciso executar toda ela para prosseguir. Tal técnica é chamada de Reaction Command, vista em muitos outros jogos lançados após God of War.
Como morrer em God of War não é uma coisa difícil, o sistema de Savepoints foi trabalhado para proporcionar ao jogador a possibilidade de salvar em várias partes do game. Para salvar o game basta encontrar pilares de luz espalhados durante o game e encostar neles.
O game em si possui uma longevidade considerável, rendendo muitas horas de jogo ao jogador.
Gof of War é dividido em capítulos ao longo do decorrer dos eventos. Confira abaixo:


  • Aegean Sea
  • The Gates of Athens
  • The Road to Athens
  • Athens Town Square
  • Rooftops of Athens
  • Temple of the Oracle
  • The Sewers of Athens
  • Desert of Lost Souls
  • Pandora's Temple
  • The Rings of Pandora
  • The Challenge of Atlas
  • The Challenge of Poseidon
  • The Challenge of Hades
  • The Cliffs of Madness
  • The Architect's Tomb 
  • The Path to Hades
  • The Temple of the Oracle


Sempre procure por báus escondidos nos cenários, eles podem conter Gorgon Eyes e Phoenix Feathers, itens necessários para expandir o limite máximo da energia vital e mágica de Kratos. Confira no final desta análise a localização de todos estes Báus.
Além dos itens especiais citados acima, existem dois outros itens secretos : as Muse Keys. As Muse Keys servem para abrir uma sala secreta em " The Rings of Pandora ". Nesta sala o jogador poderá expandir o limite máximo da energia vital e mágica da mesma forma feita que os Gorgon Eyes e Phoenix Feathers. 
Após coletar todos os Gorgon eyes e Phoenix Feathers, procure por esta sala. Somente assim, o jogador poderá elevar Kratos a seu potencial máximo. Confira no final da análise o que fazer para encontrar as Muse Keys e como encontrar esta sala especial.








Conclusão

God of War é uma obra de arte no universo dos videogames. Chegou a utilizar todo o potencial do Playstation 2, agradando simultaneamente jogadores veteranos e novatos. Um detentor de uma trama refinada e equilíbrio técnico magistral. O sucesso e recepção de God of War no mundo dos games é indescritível, é raro um jogador ativo não conhecer a franquia. Por possuir uma personalidade marcante, o personagem Kratos hoje é um dos personagens mais populares dos videogames da nova geração.
Aos jogadores que gostam de mitologia grega não vão se decepcionar, pois o game retrata de uma maneira diferente e interessante muitos assuntos relacionados.
Gráficos fenomenais, jogabilidade variada, enredo e sonorização emocionantes é o que o jogador vai encontrar do início ao fim neste clássico do Playstation 2.  
Além de ser muito desafiante da primeira vez que se joga, God of War garante ao jogador muitas horas de jogo extra. Terminar o game em outras dificuldades é um desafio à parte para quem desejar liberar conteúdos extras. É uma tarefa árdua em que somente os mais habilidosos são bem sucedidos. Confira abaixo todas as dicas, segredos e conteúdos extras que God of War tem a oferecer.



 Nota Final : 10




Dicas

  • Confira a localização de todos os Gorgon Eyes

video
 


  • Confira a localização de todas as Phoenix Feathers

video


  • Confira a localização das Muse Keys e onde usá-las

video


Extras

Credits Termine o game uma vez em qualquer dificuldade.
Deleted Levels Termine o game uma vez em qualquer dificuldade.
Heroic Possibilities Termine o game uma vez em qualquer dificuldade.
Visions of Ancient Greece Termine o game uma vez em qualquer dificuldade.
Monsters of Myth Termine o game uma vez em qualquer dificuldade.
Birth of the Beast Termine o game uma vez em qualquer dificuldade.
God Mode Termine o game uma vez em qualquer dificuldade.
Character Graveyard Termine o game uma vez em qualquer dificuldade.
Challenge of the Gods Termine o game uma vez em qualquer dificuldade.
In-Game Movies Termine o game uma vez em qualquer dificuldade.
A Secret Revealed Termine o game uma vez no Spartan Mode.
The Fate Of The Titan Termine o game uma vez no God Mode.
Secret Message 1 Termine o game uma vez no God Mode.
Roupas alternativas para Kratos       Termine o Challenge Of The Gods


  • Para destravar a Secret Message 2, chegue na última sala do jogo (no trono do Deus da Guerra), e destrua as duas estátuas gigantes presentes no local. São necessários vários ataques para quebrá-las.  
  • O modo Challenge of the Gods consiste em 10 desafios. Termine todos para abilitar as roupas especiais para Kratos. Cada roupa possui funções especiais como: energia vital e mágica infinitas.


 Trilha Sonora

  • The Vengeful Spartan  
video


  • Wrath Divine
video



quinta-feira, 10 de março de 2011

Parasite Eve


" The worst foe lies within the self "


Introdução

Após o lançamento de Final Fantasy  VII, marco global, os jogadores esperavam qual seria o próximo grande game que seria lançado pela Squaresoft.
Parasite Eve é um game lançado pela SquareSoft, atualmente Squareenix, em 1998 para o Playstation.
A Squaresoft é uma empresa de brasão, possui talento e expêriencia em games do gênero RPG. Os games lançados por ela são os melhores e os mais conhecidos no universo dos videogames. A franquia mais famosa e mais conhecida da empresa é a franquia Final Fantasy, nome que hoje causa impacto onde quer que seja mencionado.
Assim como outros jogos da Squaresoft, Parasite Eve possui excelência técnica e tornou-se um game memorável no Playstation.
Diferentemente da maioria dos jogos de RPG lançados até 1998, Parasite Eve mescla ação e RRG gerando um novo genêro de jogo, o Action-RPG. Tal mistura foi muito bem aceita pelo público, deixando a jogabilidade agradável para os apreciadores de jogos de ação, assim como para os apreciadores de RPG.
O enredo do game é uma mistura de ação policial com uma ficção cientifíca, deixando assim o sistema de batalha ativo e envolvente, fugindo da monotonia comum em RPGs de turnos.
O enredo do game é deslumbrante: para a crítica ele pode ser comparado a uma mini-série de seis grandes capítulos.
Para a época de lançamento, Parasite Eve se destacou por ter sido um game atual, foi comparado a Final Fantasy VII tratando-se de estética, e comparado a Resident Evil  em termos de cenários e ambientação.
Todos estes fatores fazem de Parasite Eve um Action-RPG cinematrográfico. Desde o vídeo de abertura até o final do game, o jogador tem a sensação de estar em um filme interativo, onde poder-se-ia controlar todas as ações.
Parasite Eve é fabuloso em seu todo, enredo adulto, ambientes ao estilo Survivor Horror, gráficos, sons e jogabilidade se destacaram dos demais games lançados na época. Viciante do início ao fim, o game não poupou esforços para abalar o final de ano em 1998.




Sinopse

Em véspera do natal de 1997, toda Nova Iorque se prepara para a especial data. Carnegie Hall, um gigantesco anfiteatro, exibe apresentações na noite que antecede o natal. 
Uma limosine aproxima-se do Carnegie Hall e, de dentro, sai Aya Brea, uma policial do 17th NYPD   (Departamento Policial de Nova Iorque).
Aya encontra-se com seu acompanhante e entram no salão de apresentação. 
Ao início da peça teatral, Melissa, a atriz principal, começa o seu ato musical: uma bela ópera. Durante a ópera, os olhares de Melissa e Aya se cruzam, e Aya percebe que os olhos de Melissa estavam diferentes.
Em seguida, dois dos personagens que dividiam palco com Melissa entram em combustão instantânea. 
Logo todos os expectadores começam a espontaneamente pegar fogo e morrerem em chamas. Todos, menos um: Aya Brea.
O fim deste ato se dá com tudo e todos em chamas, enquanto Melissa continua a cantar. Sem entender a razão de tudo aquilo e ser a única sobrevivente, Aya levanta-se de seu lugar e dirige-se ao encontro de Melissa, empunhando uma arma.
Ao ver Aya, Melissa diz coisas sem sentido à policial. Ela fala sobre mitocôndrias, combustão e energia.
Após a conversa, Melissa ataca Aya com poderes inexplicáveis para a policial. Em um certo momento da batalha, Aya sente um calor em seu corpo. Neste momento, Melissa diz que algo acabou de despertar em Aya e foge por um buraco atrás do palco.
Atrás do palco, encontra-se um buraco que dá acesso à parte inferior de Carnegie Hall. Aya segue por este buraco atrás de Melissa sem compreender muita coisa. 
Neste momento, a polícia chega ao local e presencia a visão do horror que o espetáculo havia se tornado.
Assim começa o enredo de Parasite Eve, para o ano de 1998, esta foi uma das introduções mais intrigantes que jogos de RPG já haviam oferecido ao Playstation.



 

Gráficos

Seguindo o padrão de Final Fantasy VII, o game possui personagens trabalhados tridimesionalmente, processados em tempo real e cenários pré-renderizados. Tais artifícios gráficos prorpocionam aos ambientes a sensação de CGs (Cenas Computadorizadas ) paradas.  
As CGs deste game são muito melhores comparadas a Final Fantasy VII, todas elas foram trabalhadas no luxo e possuem um ar hollywoodiano incrível, digno de aplausos. 
Algumas cenas ficam  na história dos games até nos dias de hoje, como a cena principal em Carnegie Hall  e a transformação do rato. Quem jogou, com certeza lembra-se destes momentos épicos. 
O visual em tempo real é tão bom quanto o possível: todos os personagens e inimigos conseguem se interagir com o cenário de maneira formidável. 
Outro destaque gráfico é o visual dos personagens. Desde o visual complexo e imponente de Eve à simplicidade de Aya, o jogador vai perceber como o design foi trabalhado com maestria. 
O responsável pelo design dos personagens e inimigos ( Caracter Design ) é Tetsuya Nomura. Nomura também foi o responsável pelo design dos personagens em Final Fantasy VII, logo percebe-se que ele é expert para qualquer trabalho nesta aréa. 
Todos os trabalhos de Nomura na geração do Playstation foram satisfatório. Na geração do Playstation 2 Nomura também foi responsável pelo design de vários personagens, com destaque para os games da série Kingdom Hearts.
Em Parasite Eve, Nomura mostrou-se hábil para trabalhar em ambientes urbanos e conteporâneos, fato que elevou sua carreira profissional, fazendo com que ficasse conhecido mundialmente pelo seu talento na arte do design.



Sons

Com um visual estupendo, a parte sonora não poderia deixar a desejar. A trilha sonora de jogos do gênero RPG são ótimas e os jogos da Squaresoft possuem trilha sonora perfeita. Não há o que reclamar.
A Squaresoft já percebeu que uma das chaves para o sucesso definitivo dos games é a trilha sonora, logo é de se esperar que nenhum game da empresa possui sonoridade a desejar.
Logo ao começar o game, em Carnegie Hall, o jogador já pode imaginar o que escutará até o final do game. 
A cena inicial é épica. Uma ópera cantada, em oposição ao que estava ocorrendo no salão, chama muita atenção para o momento, mostrando toda a excelência técnica do game.
As músicas "In Game" são uma mistura de ópera com músicas instrumentais e eletrônicas, dando destaque para "Primal Eyes", tema do game, e "Femme Fatales", tema de embate entre Aya e Eve.
As músicas instrumentais são belas. Confira no final desta análise parte da trilha sonora de Parasite Eve.
Como a maioria dos RPGs da era Playstation, não existe a presença de voz nos diálogos. Estes são representados por legendas à frente do nome de quem iniciou a fala. De início isso pode incomodar um pouco jogadores novatos, mas era a tecnologia máxima que o console permitia, logo não havia muito o que fazer. Mas entrando no clima do jogo, isto não se torna nenhum impecilho.
Os efeitos sonoros também são inspirados com cuidado. Apenas os das Parasite Energies deixam um pouco a desejar. As magias executadas por Aya são pouco trabalhadas. Elas poderiam causar mais impacto, pois tinham potencial para isto.






Jogabilidade

O aspecto principal que diferencia Parasite Eve dos RPGs convencionais é a jogabilidade. Mais focado em liberdade e ação, este game trás uma jogabilidade mais livre e expandida. 
O sistema de exploração é básico e proporcional: todas as localidades aproximadamente possuem o mesmo tamanho. Cenários básicos fazem com que o jogador não se perca, consequentemente mantendo o mesmo no clima do jogo. 
O enredo do game se passa em Nova Iorque. O jogador terá o prazer de conhecer lugares como Soho, Chinatown, Carnegie Hall, Central Park, entre outros.
O mapa geral é um mapa básico de Manhattan ( na época o World Trade Center ainda existia ). À medida que os eventos do game ocorrem, novas localidades aparecem: basta o jogador selecionar a localidade desejada para ir até a mesma.
O sistema de batalha é a grande inovação do game. Como a maioria dos jogos de RPGs lançados na geração do Playstation, as batalhas ocorrem por encontros aleatórios. A diferença dos demais games é que quando esses encontros acontecem, o cenário não se altera, a batalha acontece ali mesmo.
A movimentação é livre e o jogador pode movimentar Aya a seu modo, construindo assim estratégias de ataque ou evasão.  
A batalha é uma mistura de tempo real e jogabilidade em turnos. Uma barra chamada Active Time Battle (ATB) indica quando o jogador pode executar suas ações. Enquanto essa barra enche, o jogador pode apenas movimentar-se desviando dos inimigos em tempo real e posicionar-se para a próxima ação.
Ao selecionar a opção de ataque, uma cúpula de cores indica ao jogador o alcande máximo de sua arma. Caso o inimigo esteja fora desta cúpula de alcance ele não será atingido. Aya utiliza predominantemente armas de fogo reais para derrotar seus inimigos, o que deixa o clima mais realista visto que Aya é uma policial.
Como na maioria dos RPGs a energia vital do personagem principal é representada por números, neste game não é diferente. Essa "vida" é chamada de HP (Health Points). Sempre ao ser atacado, o personagem perde HP e quando não possui-lo o personagem morre. O HP é indicado na tela de menu ou durante a batalha. Para restaurar o HP, o jogador pode utilizar itens de cura como Medicines ou usar Parasite Energy de função cura. Ao passar de nível, o limite máximo do HP é aumentado.
Para passar de nível o jogador precisa de pontos de experiência. Para adquiri-los basta derrotar inimigos.
Sempre ao passar de nível o jogador receberá Bonus Points, que são pontos extras disponíveis para o jogador distribuir e aumentar algum atributo de Aya.





As magias usadas em Parasite Eve provêm da capacidade de Aya manipular suas mitocôndrias ( Organela Citoplasmática  responsável pela produção de energia no corpo). No game utilizamos o comando Parasite Energy. Este comando permite Aya usar magias parecidas com o estilo Final Fantasy. 
As Parasite Energies possuem várias funções como revival, cura, ataques diretos, indiretos entre outros.
Em questão de efeitos visuais, diferentemente dos jogos da franquia Final Fantasy, as magias de Parasite Eve são muito mal aproveitadas, poderiam dar um show de luminosidade.
Para utilizarmos o comando Parasite Energy, o jogador precisa ter energia suficiente, o que é indicado por uma barra verde com a abreviação PE, logo abiaxo da barra de ATB.
Como as batalhas acontecem em tempo real, os cenários renderizados não permitem a movimentação da câmera. Com isso as magias não possuem brilho (efeitos luminosos) algum, servindo apenas para estratégias de batalha. A falta de brilho ajuda a manter o clima de realismo que o game tentou e conseguiu alcançar, porém quem possui conhecimento sobre magias com certeza vai ter a sensação de que está faltando algo.
Ao passar de nível, o jogador terá acesso a novas Parasite Energy. Confira abaixo.


Parasite Energies


Heal 1
  • Nível Adquirido : 1
  • Energia Requerida : Muito Baixa
  • Efeito : Recupera 30 HP de Aya

 Scan
  • Nível Adquirido : 3
  • Energia Requerida : Muito Baixa
  • Efeito : Indica ao jogador informações sobre o inimigo, revelando assim suas fraquezas e HP

 Slow
  • Nível Adquirido : 7
  • Energia Requerida : Baixa
  • Efeito : Diminui a velocidade do inimigo e aumenta o tempo requerido para o inimigo executar suas ações

 Detox
  • Nível Adquirido : 9
  • Energia Requerida : Baixa
  • Efeito :  Cura o efeito do status negativo Poison ( Veneno )

 Heal 2
  • Nível Adquirido : 11
  • Energia Requerida : Baixa
  • Efeito : Recupera 60 HP de Aya.

 Barrier
  • Nível Adquirido : 13
  • Energia Requerida : 40% do limite máximo da barra de Parasite Energy.
  • Efeito : Converte perda de HP em perda de Parasite Energy.

 Energy Shot
  • Nível Adquirido : 15
  • Energia Requerida : Toda Parasite Energy que o jogador posuuir.
  • Efeito : Aya utiliza toda sua Parasite Energy remanescente para dar um tiro de energia em seu oponente. Após o uso, Aya fica desorientada ( vulnerável ) por alguns segundos.

 Confuse
  • Nível Adquirido : 17
  • Energia Requerida : Baixa
  • Efeito : Confunde o inimigo, consequentemente prevenindo o ataque do mesmo.

 Haste
  • Nível Adquirido : 20
  • Energia Requerida : Média
  • Efeito : Aumenta a velocidade de Aya e sua barra de ATB enche rapidamente.

 Heal 3
  • Nível Adquirido : 22
  • Energia Adquirida : Alta
  • Efeito : Recupera 280 HP de Aya

 Gene Heal
  • Nível Adquirido : 25
  • Energia Adquirida : Média
  • Efeito : Utiliza a Parasite Energy para recuperar gradativamente o HP

 Medic  
  • Nível Adquirido : 28
  • Energia Requerida : Alta
  • Efeito : Cura todos os efeitos de status negativos. ( Poison, Darkness, Stiffness, Confusion )

 Preraise 
  • Nível Adquirido : 30
  • Energia Requerida : Muito Alta
  • Efeito : Aya recebe HP quando seu HP chega a 0

 Full Recover 
  • Nível Adquirido : 32
  • Energia Requerida : Muito Alta
  • Efeito : Restaura todo HP além de remover todos os efeitos de status negativos 

 Liberate
  • Nível Adquirido : 33
  • Energia Requerida : Total
  • Efeito : Parasite Energy mais poderosa. Aya libera toda a energia produzida por suas mitocôndrias e e ataca os inimigos com 7 poderosos ataques consecutivos. 





Sempre que possível, utilize as Parasite Energies em seu benefício. Ao decorrer do jogo, o jogador encontrará vários inimigos que possuem propriedades diferentes. Para lidar com este tipo de situação, o jogador precisará de habilidade e estratégia, e as Parasite Energies ajudarão muito, principalmente para evitar ser afetado por status negativos. Existem quatro tipos de status negativos básicos : veneno ( poison ), escuridão  ( darkness ), confusão ( confusion ) e rigidez ( stiffness ).
Confira abaixo mais informações sobre estes status.

Poison : Diminui gradativamente o HP. Pode ser removido com o item Cure - P ou com a PE Detox, Medic ou Full Cure.

Darkness : Impede Aya de atacar pois diminui o alcance da arma de Aya para 0. Pode ser removido com o item Cure - D ou com a PE Medic ou Full Cure.

Confusion : Confunde Aya. Pode ser removido com o item Cure - C ou com a PE Medic ou Full Cure.

Stiffness : Deixa Aya quase imóvel com uma movimentação bem lenta. Pode ser removido com o item Cure - M ou com a PE Medic ou Full Cure.
 
Eventualmente, ao derrotar o inimigo o jogador recebe vários tipos de itens que auxiliam Aya.
Itens também são encontrados ao decorrer do game. Podem ser adquiridos encontrando baús espalhados pelos cenários ou conversando com personagens.
Aya possui um certo limite em seu inventário que é expandido ao passar de nível ou utilizando Bonus Points.
Caso o jogador fique sem espaço para novos itens, ele deve descartar itens em excesso ou ir ao 17th NYPD  e deixar os itens em um armazém.
Para armazenar os itens, o jogador deve ir ao andar inferior do NYPD e procurar por Torres ou Wayne e armazenar os itens para uso posterior.
Alguns itens, como armas e coletes, podem ser modificados. O jogador pode adicionar ou remover novos parâmetros e efeitos em suas armas ou coletes para criar equipamentos customizados. Caso o jogador adicione ou remova parâmetros de uma arma prévia para uma nova arma, a primeira desaparecerá.
Para modificar as armas e adicionar ou remover efeitos, será preciso o item "Tool" e ir até Wayne ou acessar a opção Tune-Up no inventário.
A quantidade de adições de parâmetros de um equipamento é determinado pelo número de Slots ( Espaços ) que este equipamento tem. Para aumentar o número de Slots de um equipamento, é necessário o item "Trading Card". Com este item basta ir até Wayne e adicionar um Slot.
O sistema de save está agradável: para salvar o game basta encontrar telefones com uma luz vermelha piscando e salvar o game.




O enredo do game se passa em 6 grandes dias, 6 dias de terror. O enredo inicia-se em 24/12/1997.
Semelhante a um livro qualquer, ao terminar um capítulo, outro será iniciado.
Seguindo o enredo, estes dias são chamados de: Resonance, Fusion, Selection, Conception, Evolution e Liberation.
Não é possível ver o verdadeiro final da primeira vez que se termina o game. Será necessário iniciar uma nova partida no Ex-Mode, modo liberado apenas quando o game é finalizado uma vez.
O game não é tão longo comparado a jogos de RPG em geral, mas rende ao jogador muitas horas de desafio, principalmente jogando no Ex-Mode.




Conclusão 


Parasite Eve é um game competente por possuir um ar mais adulto e, ao ser considerado um game Cult, ficou dividido entre o público.
Parasite Eve é baseado na obra literária japonesa Parasaitu Ivo, o game traz de maneira simples o principal contexto desta obra como enredo.
Ser lançado após Final Fantasy VII, fez com que este game trouxesse com ele a responsabilidade de ser um game de alto nível.
Pioneiro na área dos Actions-RPGs em 3D, foi um game inovador e bem elaborado. Além de fabuloso, o game é desafiador, principalmente ao jogar no Ex-Mode, em que a dificuldade é elevada. Aos que terminarem o game uma vez, não devem deixar de jogar no Ex-Mode, pois somente assim terão acesso ao verdadeiro final do game.
Se você é apreciador de ação, Survivor Horror e RPG, Parasite Eve não deve ficar fora de sua lista de jogos. É um game obrigatório.



Nota Final : 10





Extras

  • Ex-Mode
Ao terminar o game uma vez e salvar, o Ex-Mode (Expert Mode) estará disponível. Este modo difere do modo original em vários aspectos: o jogador tem acesso ao estoque de itens no departamento policial utilizado na primeira vez que jogou; o jogador começa o game com a arma e colete escolhido quando se terminou o game na primeira partida; e os Bonus Points concedidos ao jogador no final do game estão agora disponíveis para uso.
A grande diferença do modo original é o edifício Chrysler, um desafio de resistência, habilidade e paciência.
Basta começar o game normalmente, e no 2º dia, o edifício estará disponível.
O edifício Chrysler possui 77 andares e o jogador terá que subir todos a pé. 
A cada 10 andares, o jogador enfrentará um chefe, e somente após derrotar o chefe do andar, o jogador poderá pegar um elevador e sair do prédio para salvar.
Chegando ao topo, o jogador enfrentará o verdadeiro chefe final e terá acesso ao verdadeiro fim de Eve, Aya e Maya.
Ao longo do caminho, o jogador encontrará os melhores itens, armas e coletes, assim como Trading Cards.
Todos os inimigos estão mais poderosos que o normal. Para ter sucesso e conseguir avançar no edifício sem problemas, recomendo ao jogador seguir o jogo normalmente até chegar ao nível 33 e só então começar o desafio de chegar ao topo do edifício Chrysler.
Atenção ! A última chance de entrar no edifício Chrysler é após derrotar o T-Rex no museu. Caso o jogador passe desta parte, ele irá pegar as animações e vai parar direto na Estátua da Liberdade em um caminho sem volta. 





Segredos

  • Trading Cards Infinitos
 No 4º dia ( Conception ), em St. Francis Hospital, após restaurar a energia elétrica do prédio, entre na sala ao lado da recepção. Nesta sala o jogador encontrará uma enfermeia e um paciente. Examine atrás do gabinete para encontrar um Trading Card. Se o jogador continuar examinando, ele continuará recebendo novos Trading Cards. O jogador pode examinar e receber quantos Trading Cards desejar, porém este procedimento só funciona caso o jogador não deixe a sala. Caso deixe a sala e retorne, não haverá mais Trading Cards.

  • Regeneração de Parasite Energy
Eventualmente, ao usar Parasite Energies em batalha, a barra responsável pela regeneração de energia irá estagnar, impedindo o jogador de usar Parasite Energy até o final da batalha.
Para evitar isto, basta trocar de coletes durante a batalha. Fazendo isto a barra de energia voltará ao seu ritmo de regeneração original. Fazer isto é uma boa tática contra chefes e/ou inimigos poderosos.


  • Junks 
Eventualmente, ao derrotar alguns inimigos, o jogador conseguirá itens chamados de Junks( Lixos ). Aparentemente, os Junks não servem para nada. Porém sempre que se fala com Wayne na NYPD, aparece no menu a opção "Discard Junk". 
Ao longo do game, se o jogador entregar 300 Junks a Wayne, ele fará destes lixos armas mais poderosas para Aya.
Conseguir os 300 Junks é um desafio e tanto, visto que poucos inimigos deixam o Junk ao término da batalha.
Ao entregar os 300 Junks para Wayne, ele perguntará a Aya qual arma ela prefere. As opções que aparecem na tela são : Pistol, Shotgun, Machine Gun, Rifle, Grenade Launcher, Rocket Launcher e Leave it to Wayne.
Basta o jogador selecionar o tipo de arma desejado, que Wayne entregará a arma para Aya.
Caso o jogador selecione a opção Leave it to Wayne, Wayne escolherá uma arma para Aya. Esta escolha é aleatória, podendo ser a melhor arma do jogo (AK 47) ou armas mais fracas ou itens totalmente inúteis.
Cabe ao jogador decidir o que fazer: aconselho salvar o jogo e selecionar a opção Leave it to Wayne. Caso ele não entregue a AK 47, basta dar um Load Game e retornar até conseguir a AK 47.




Trilha Sonora


  • Primal Eyes 

video 

  • Omission of the World 
video


  • Theme of Aya
video


  • Missing Perspective
video